A tecnologia vai mudar o nosso comportamento?

Que a tecnologia cresce sem ao menos termos noção, já não é mais novidade. Mas que ela vai afetar o nosso comportamento é um assunto que precisa ser discutido.

A popularização e facilidade de aquisição da tecnologia somada a da internet já mudou o mundo de maneira irreversível e vai mudar cada vez mais o comportamento das pessoas. Algumas tendências já têm acontecido e você, certamente, já sentiu isso no seu dia a dia.

Mas a verdade é que esses equipamentos são só uma consequência do avanço tecnológico e de como a web entrelaça nossas vidas pessoais e profissionais. Especialistas em cultura digital apontam até que doenças da era ‘off-line’ como LER (lesão por esforço repetitivo) e problemas de coluna vão diminuir consideravelmente, pois as pessoas não estarão mais debruçadas em mesas de trabalho, com gigantescos computadores e sim, andando pelas ruas, trabalhando de casa ou até mesmo ao ar livre. A facilidade de versões web, sites adaptados a dispositivos móveis e aplicativos, também passam a otimizar a rotina corporativa e a produtividade.

Outro fator que pode mudar nossa relação com o trabalho está ligado à mobilidade. Os vínculos trabalhistas como locais e horários de trabalhos tradicionais tendem a mudar ou acabar. Dentro de aproximadamente 15 anos, cada vez mais as pessoas vão aprender a obter lucros de atividades proporcionadas pela internet. E o segmento da tecnologia deve acompanhar cada vez mais essa tendência. É como se fosse quase impossível ir contra essa nova onda, uma vez que os clientes já estão imersos dentro dela.

Tudo isso vai de encontro a um assunto muito em pauta nos últimos tempos: a praticidade de aquisição de produtos e serviços por meio online, que preocupa algumas classes profissionais. De acordo com empresas que já trabalham nesse modelo, embora a praticidade exista, alguns setores ainda exigem muitas habilidades técnicas, por isso, a figura de alguns profissionais são tão importantes quanto a praticidade.

A grande questão em torno de toda essa evolução está na constante transformação que essa nova era digital nos causa. As novas tecnologias tornam ultrapassadas as empresas que não buscam a inovação. Se reinventar, acima de tudo, agiliza processos, reduz custos, possibilita economia compartilhada e desentermedia negócios e mercados que até então, pareciam sólidos e inalteráveis.

É claro que com todas essas transformações e inovações teremos vítimas, vencedores, concorrentes e quem aperfeiçoa o trabalho, como em todos os mercados, mas é inegável que quem ganha é a sociedade e e quando estamos na posição de cliente, resultando em melhores serviços, mais agilidade, melhor qualidade e até preços mais acessíveis, pois esse novo modelo de negócios reduz custos quando se torna mais produtivo.

É evidente que muitas pessoas no mercado terão dificuldade em acompanhar a velocidade com que a tecnologia e a inovação estão se transformando. Por isso, ir se adaptando a essas tecnologias é o primeiro passo para essa ruptura de barreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A tecnologia vai mudar o nosso comportamento?